Como é um Tecnólogo em Gestão Financeira?

Antes de efetivamente responder a pergunta que dá título a esse post, ou seja, como é um tecnólogo em Gestão Financeira, é importante começar falando mais sobre a profissão propriamente dita. Entre as áreas onde a atuação é mais requisitada estão as indústrias, startups, agências financeiras, comércios, prestadoras de serviço, consultorias, e claro, empresas públicas ou privadas, independente de serem pequeno, médio ou grande porte.

Quando o aluno conclui o curso tecnólogo em Gestão Financeira a distância, torna-se um profissional plenamente capaz de fazer a utilização de técnicas, métodos e conceitos financeiros com o intuito de realizar análises de demonstrações contábeis, otimização de investimentos, gerenciamento e controle do orçamento, e dos custos para apoiar a tomada de decisão nas organizações.

No que diz respeito às principais funções, ou melhor, o que faz um Gestor Financeiro, podemos citar as seguintes: Analista de Crédito, Analista de Investimentos, Analista de Mercado Financeiro, Analista de Recursos Financeiros, Analista Financeiro, Assistente Financeiro, Controller, Consultor Financeiro, Gerente de Contas, Gerente de Finanças, Orçamentista, e Supervisor de Operações Financeiras.

Bom, agora que você já sabe um pouco mais sobre esse importante cargo, vamos finalmente te contar como é uma faculdade de Gestão Financeira EAD.

Como é o curso de Tecnologia em Gestão Financeira EAD?

O curso de Gestão Financeira a distância tem pelo menos dois anos, ou 24 meses, de duração, e é dividido em quatro semestres. A vantagem de ser um tecnólogo é que, além de se conquistar o diploma em menos tempo, comparando-se, claro, com os cursos de bacharelado e licenciatura, durante a formação, o aluno terá contato com disciplinas e conteúdos totalmente voltados às necessidades do mercado de trabalho.

Porém, caso ainda assim, após formado, o profissional queira incluir ainda mais conhecimento ao seu currículo, fazendo portanto jus a melhores oportunidades e salários mais atraentes, pode buscar uma especialização, como pós-graduação, por exemplo. Atualmente existem muitas que casam muito bem com a graduação adquirida ao concluir o curso de Tecnologia em Gestão Financeira a distância.

Grade Curricular

Falamos bastante sobre o tecnólogo aprender durante a formação exatamente o que o mercado de trabalho necessita, mas afinal de contas, ao longo dos quatro semestres que o compõem, o que se estuda no curso de Gestão Financeira EAD?

1º Semestre

  • Introdução às Ciências Sociais
  • Empreendedorismo
  • Prática Textual em Língua Portuguesa
  • Sociologia Geral
  • Economia e Mercado
  • Métodos e Técnicas de Pesquisa

2º Semestre

  • Introdução à Administração
  • Gestão de Pessoas
  • Comunicação Empresarial
  • Fundamentos de Finanças
  • Custos e Formação de Preços
  • Administração Financeira

3º Semestre

  • Fundamentos de Contabilidade
  • Planejamento e Controle Financeiro
  • Estatística Aplicada
  • Planejamento e Administração Tributária
  • Mercado Financeiro e de Capitais
  • Tópicos Especiais em Gestão Financeira

4º Semestre

  • Análises das Demonstrações Financeiras
  • Administração do Capital de Giro
  • Legislação Empresarial
  • Engenharia Econômica: Decisão e Investimentos
  • Controladoria
  • Análise de Risco e Crédito

Além de buscar a aprovação nas provas de cada uma dessas disciplinas acima citadas, ao fazer uma faculdade EAD de Gestão Financeira, o aluno precisará ainda realizar, em cada um dos semestres, os chamados Projetos Integradores, que colaborarão ainda mais para que se tenha uma ideia bem próxima de como funcionará a atuação após formado.

Uma dúvida muito comum de quem pretende se matricular no curso tecnólogo em Gestão Financeira a distância é se existe a obrigação de fazer um estágio no decorrer. Porém, quando se trata de cursos de tecnologia essa obrigação não existe!

Ah, e já que estamos falando de dúvidas, há também outra bastante frequente, e ela é relacionada a produção e apresentação do Trabalho de Conclusão de Curso, o famoso TCC, um dos maiores causadores de ansiedade em quem faz uma faculdade. Porém, quem busca uma formação de técnico em Gestão Financeira EAD pode deixar de lado essa preocupação, uma vez que trata-se de um curso onde não existe a necessidade de fazê-lo.

Mercado de Trabalho – Tecnólogo em Gestão Financeira

Agora que você conhece um pouco mais sobre a profissão e sobre o tecnólogo em Gestão Financeira EAD, chegou a hora de focarmos nossa atenção a outro ponto que costuma ser determinante para que as pessoas acabem optando ou não por determinado curso: o mercado de trabalho.

Como o Gestor Financeiro tem expertise suficiente para ocupar com grande competência uma série de funções em empresas de todos os portes, a probabilidade de conseguir uma colocação de maneira rápida são muito altas. Principalmente quando se trata de um profissional formado em um curso de tecnologia, uma vez que, conforme já falamos anteriormente, ele terá aprendido e experimentado exatamente o que os contratantes precisam. Além disso, mais do que nunca trata-se de uma profissão que está em alta, portanto, esse é o momento ideal para quem quer investir nesta área de atuação.

Claro, não podemos deixar de destacar outro ponto importantíssimo quando o assunto é mercado de trabalho para Gestão Financeira: o salário. Bom, já adiantamos que tudo depende muito do porte da empresa para a qual o profissional é contratado e também da função que irá exercer, mas é possível com tranquilidade receber um inicial de R$ 3.400, podendo passar dos R$10.000 para profissionais com maior experiência.

Agora, se sua intenção ao se formar no curso de Gestão Financeira é ir em busca de vagas em concursos públicos nessa área, e quer saber se elas existem, pode ficar totalmente tranquilo, pois a resposta é sim! Não apenas existem, como são frequentes as oportunidades que surgem para o profissional na iniciativa pública. As oportunidades podem ser em concursos municipais, estaduais ou federais, e as vagas, salários e carga horária são definidas por cada órgão e divulgadas nos editais de abertura de cada certame.

Os concursos para os profissionais com formação em tecnologia em Gestão Financeira são, claro. de nível superior, e os diplomas só são aceitos se a instituição de ensino for devidamente certificada junto ao Ministério da Educação (MEC). Portanto, antes de realizar sua matrícula no curso preste bastante atenção se a faculdade é reconhecida e bem avaliada.

Então é isso, esperamos ter conseguido te contar mais sobre como é um tecnólogo em Gestão Financeira, e ajudado a tomar sua decisão.

Equipe de redação do Canal do Produtor

Cada integrante de nossa equipe carrega consigo uma valiosa coleção de experiências e habilidades singulares, culminando em um conjunto coeso que busca incansavelmente a excelência na criação de conteúdo. Nosso objetivo primordial é superar as expectativas, oferecendo aos nossos leitores uma experiência que não apenas enriqueça, mas também permaneça na memória.

Conheça Mais Sobre o Autor

Deixe seu Comentário

cinco × 5 =