Como é um curso de tecnologia em defesa cibernética EAD?

Está buscando informações sobre o curso de Tecnologia em Defesa Cibernética? Então, você veio ao lugar certo. Aqui você vai encontrar tudo o que precisa saber sobre o curso de defesa cibernética ead, defesa cibernética grade curricular, tecnologia em defesa cibernética salário e sobre o Certificado de Qualificação Profissional em Cybersecurity.

O que é tecnologia em Defesa Cibernética?

A Defesa Cibernética é o conjunto de práticas que tem o objetivo de proteger servidores, computadores, sistemas eletrônicos, redes, dispositivos e dados contra os ataques de pessoas mal-intencionadas que atuam no mundo virtual.

Em outras palavras, são práticas utilizadas para aumentar o nível de segurança de todos os ambientes e dispositivos, desde a nuvem de armazenamento, até a inteligência artificial e a Internet das Coisas.

É importante ressaltar ainda, que o curso de TI na área de cibersegurança forma profissionais capazes de desenvolver e aplicar ações e técnicas para proteger sistemas, programas, redes e equipamentos de invasões.

O que faz quem se forma em Tecnologia em Defesa Cibernética?

O profissional de TI formado nessa área pode atuar em uma empresa de tecnologia, mas também em uma corporação de seguros por exemplo, ou seja, existem inúmeras oportunidades nas mais diferentes áreas para quem é formado no curso de Tecnologia em Defesa Cibernética.

É possível trabalhar no desenvolvimento de gestões eficientes e seguras para ativos de redes, vulnerabilidades, atualizações (patch) e programas atualização projetada para corrigir um erro ou falha de segurança em um programa (também chamados de hotfixes). O profissional da área de Defesa Cibernética promove ainda a atualização e faz o monitoramento de segurança, política, conformidade e backups.

Um Gestor em Segurança Cibernética é um profissional capaz de gerir projetos e equipes com autonomia, conhecimentos e habilidades em cibersegurança, com perfil moderno, e inovador. Existem muitas vagas abertas aguardando bons profissionais da área de TI, e isso se deve ao fato de que é possível trabalhar em qualquer empresa que tenha uma rede de computadores e opte por possuir um sistema de segurança tecnológico.

Quais as áreas de atuação do profissional formado em Tecnologia em Defesa Cibernética?

Este é um mercado em constante crescimento, é possível trabalhar com análise comportamental em redes e dispositivos para prevenção, detecção e combate as ameaças à segurança cibernética.  E, entre as principais áreas de atuação de um profissional de cibersegurança, podemos citar:

  • Segurança da rede: área responsável por garantir que todos os componentes de rede da empresa estejam protegidos contra ameaças e vazamentos de informações. Costuma ser a primeira linha de defesa da organização, portanto, para trabalhar nesse setor é necessário conhecer os protocolos de segurança de rede e as ameaças mais comuns a esses sistemas.
  • Segurança de informações e dados: área responsável pela proteção de dados da empresa (inclusive dos usuários) contra roubos, mudanças e remoção. É preciso ter conhecimento em gerenciamento de riscos, políticas ISO e arquitetura de segurança para trabalhar nesse segmento.
  • Segurança da nuvem: área responsável pelos arquivos e dados compartilhados na nuvem. Ela garante que os usuários fazem o uso seguro de aplicativos, da web e de transferência de arquivos. Para atuar nesse setor, é bom conhecer linguagens de programação (exemplo: Phyton) e plataformas de serviços na nuvem (exemplo: Amazon AWS).
  • Segurança de aplicação: área responsável por encontrar e ajustar vulnerabilidades no código-fonte dos computadores, web e dispositivos móveis. Para atuar nela é bom ser familiarizado com linguagens de programação.
  • Segurança de terminais: área responsável pela permissão aos servidores de se comunicarem de forma segura com os terminais, o que pode incluir dispositivos pessoais. Aqui os profissionais estão diretamente envolvidos em desenvolver e configurar plataformas de proteção, garantindo a compatibilidade dos terminais.

O curso de Tecnologia em Defesa Cibernética

Agora que você já conhece mais sobre a carreira de quem conclui esse curso, vamos te mostrar como é a formação. Então, confira abaixo todos os detalhes sobre o curso de Tecnologia em Defesa Cibernética EAD.

Material de ensino completo

O primeiro ponto a ser observado ao escolher um curso, é em relação ao material de ensino. Recomendamos que você dê preferência aos cursos que oferecem livros impressos, DVD’s e plataforma digital, o AVA. Dessa maneira, você terá mais opções de estudos, além de comodidade e portabilidade, o que facilita a otimização do tempo do estudante.

Unidade de ensino nos cursos

Quando falamos nas possibilidades de escolha dos materiais, é preciso destacar que você pode estudar com professores/autores. Essa é uma das principais características do EAD. Nessa metodologia, eles são os responsáveis por escrever os livros, gravar as videoaulas e produzir as questões das provas. Portanto, existe uma unidade de ensino em que todo o conteúdo do. Dessa forma, você pode ter um ensino de todas as disciplinas sem dúvidas.

Também precisamos ressaltar que dessa forma não há surpresas na prova. Ou seja, não há perigo de você estudar uma coisa e cair outra totalmente diferente na avaliação.

Provas Educativas

Também é preciso destacar como são as provas do EAD. Para começar, as provas presenciais podem ser agendadas. E a principal característica delas é que não possuem caráter punitivo, mas sim educativo. Ou seja, tudo que está na prova, foi ensinado durante o curso, mas não é só isso. Você também pode realizar a prova enquanto estuda, abrindo e fechando o teste quantas vezes achar necessário. Afinal, cada vez que precisa consultar o livro para responder uma questão, você fará uma revisão do conteúdo. Ou seja, a prova é uma continuação dos seus estudos.

Início de novas turmas

Diferente do ensino presencial, que inicia novas turmas uma ou duas vezes por ano. No ensino a distância novas turmas iniciam todos os meses. Então, você não precisa esperar até o começo do próximo semestre para começar a estudar.

Aprendizado personalizado

Com a faculdade de Análise e Desenvolvimento de Sistemas cada aluno tem um aprendizado personalizado de acordo com suas preferências e objetivos. Isso acontece pois é possível respeitar o ritmo de aprendizado de cada um. Dessa forma, você pode acelerar uma aula de um assunto que já tenha conhecimento. Ou pode se demorar mais em um tema que tenha interesse ou em um assunto que tenha maior dificuldade.

Qualidade do corpo docente

Sabemos que os professores são essenciais para garantir a qualidade de ensino. E o ensino a distância não tem barreiras geográficas. Então, é possível reunir os melhores professores de todo país para criar um curso de extrema qualidade. Sendo assim, você vai aprender com os profissionais mais experientes e gabaritados em suas áreas, sem precisar se deslocar até eles.

Para finalizar, podemos dizer que a faculdade de Análise e Desenvolvimento de Sistemas a distância vale sim a pena. O curso tem a qualidade necessária para formar um profissional com as habilidades que o mercado exige nessa área. Ao finalizar o curso, você encontrará um mercado de trabalho aquecido, com ótimas oportunidades em empresas que valorizam essa formação.

O que se estuda no curso de Tecnologia em Defesa Cibernética

Por fim, para te ajudar a entender melhor como é o curso, trouxemos a grade curricular completa dessa formação. Confira:

Semestre 1

  • Liderança, Cidadania, Ética e Tecnologia Sustentável
  • Cybersecurity
  • Integração Computacional de Hardware e Software
  • Gestão Ágil de Projetos em Cyber e Redes de Computadores
  • Desenvolvimento de Soluções com Python
  • Direitos Humanos e Relações Sociais
  • Atividade Curricular de Extensão (ACE) I
  • Atividade Prática E Complementar (APC) I

Semestre 2

  • Desenvolvimento Web
  • Ethical Hacking e Análise se Vulnerabilidades
  • Sistemas Operacionais e Internet das Coisas (LOT)
  • Engenharia de Software
  • Projeto de Gestão, Proteção e Análise de Vulnerabilidades
  • Educação Ambiental
  • Atividade Integradora I
  • Atividade Curricular de Extensão (ACE) II
  • Atividade Prática e Complementar (APC) II

Semestre 3

  • Programação Mobile
  • Devops
  • Perícia Forense Computacional
  • Governança de TI e Direito Cibernético
  • Projeto Inteligência e Contrainteligência Cibernética
  • Língua Brasileira de Sinais – Libras
  • Atividade Curricular de Extensão (ACE) III
  • Atividade Prática E Complementar (APC) III

Semestre 4

  • Técnicas de Ataque e Defesa Cibernética
  • Digital Business e Design Thinking
  • Empreendedorismo Digital e Tecnologias Exponenciais
  • Programação de Alta Performance
  • Atividade Integradora II
  • Atividade Curricular de Extensão (ACE) IV
  • Atividade Prática e Complementar (APC) IV
  • Desenvolvimento de Startups

Carga horária total do curso:      2000h

Certificado de Qualificação Profissional em Cybersecurity

Por fim, é importante destacar que ao concluir o módulo 1, o aluno terá direito ao Certificado de Qualificação Profissional, que equivalerá ao de um curso de Cybersecurity. Com ele você estará capacitado a atuar como Segurança da Informação; Analista de Segurança da Informação; e Engenheiro de Software para Cloud Computing. O salário na área de Cybersecuritypode alcançar inicialmente os R$ 5,7.

 

Equipe de redação do Canal do Produtor

Cada integrante de nossa equipe carrega consigo uma valiosa coleção de experiências e habilidades singulares, culminando em um conjunto coeso que busca incansavelmente a excelência na criação de conteúdo. Nosso objetivo primordial é superar as expectativas, oferecendo aos nossos leitores uma experiência que não apenas enriqueça, mas também permaneça na memória.

Conheça Mais Sobre o Autor

Deixe seu Comentário

dois × quatro =