Como criar um currículo se você ainda não tem experiência?

Se você está em busca de uma colocação no mercado de trabalho mas não sabe como montar o seu primeiro currículo, veio ao lugar certo. Hoje vamos dar dicas de como montar um currículo para primeiro emprego. 

Com as dicas que o Canal da Educação – Produtor de Conteúdos preparou para você, o seu currículo vai ficar bem montado e com certeza, será destaque no momento da seleção. 

O que colocar no currículo quando você nunca trabalhou?

Se a sua dúvida é: O que colocar no currículo quando você nunca trabalhou? Fique sabendo que existem várias informações importantes para preencher esse documento. 

Quando o setor de recursos humanos de uma empresa recebe o seu currículo, vê mais que as experiências profissionais, ele analisa o seu perfil como um todo. 

Então, você deve seguir uma ordem, para que suas informações sejam lidas com facilidade. E para te ajudar, vamos te dar algumas dicas do que colocar para que você possa usar de modelo de currículo sem experiência profissional. 

Confira: 

Coloque suas informações pessoais 

Pense na primeira parte do seu currículo como um cartão de visitas. O recrutador precisa, antes de mais nada, te conhecer. 

Então, comece com os seguintes dados: 

  • nome completo;
  • estado civil;
  • idade;
  • endereço, incluindo CEP;
  • formas de contato, como telefone residencial, celular, e-mail;
  • endereços de redes sociais.

Porém, é muito importante não exagerar ou colocar itens desnecessários. Por isso, evite:

  • números de documentos pessoais, como RG e CPF;
  • fotos, a não ser se solicitado no anúncio;
  • endereços pouco profissionais de e-mails.

Defina o seu objetivo profissional

O segundo item na elaboração do seu primeiro currículo é definir qual o seu objetivo profissional. Mas, o que dizer quando não se tem experiência na área? O ideal é que você tenha clareza e direcione para a área ou cargo em que deseja trabalhar. Ou, direcionar para os dois

Veja alguns exemplos:

  • Atuar como assistente de Marketing
  • Atuar na área de Vendas
  • Atuar como assistente na área de Vendas.

Destaque a sua formação acadêmica e extracurricular

A sua dúvida inicial era: O que colocar na experiência do primeiro emprego? Não é mesmo? 

Sendo que você não tem nenhuma experiência anterior com o mercado de trabalho, vai ser importante destacar a sua formação e os cursos extracurriculares ou de formação que já fez. 

Esse item é importante para mostrar ao recrutador que mesmo que você não tenha experiência naquele cargo, está sempre em busca de novos aprendizados e tem um foco de carreira definido.

Faça uma lista com a sua formação e cursos, começando sempre dos mais recentes. Não se esqueça de adicionar o nome da instituição de ensino que frequentou e o ano de conclusão ou de previsão de término.  

Aqui também podem ser descritos os cursos de idiomas, colocando de forma realista o seu domínio da língua mencionada. 

Mencione sua experiência com voluntariado ou trabalhos informais 

Caso você já tenha feito trabalho voluntário ou pequenos trabalhos, mesmo que informalmente, é importante destacar essas informações em seu currículo. 

O recrutador que analisar o seu currículo pode valorizar o seu interesse em aproveitar oportunidades para se desenvolver profissional ou pessoalmente. 

Destaque suas qualidades

Como você ainda não tem experiência para colocar no currículo, é importante você mostrar ao recrutador quais são as suas principais características. Elas podem ser listadas em forma de itens, de forma clara. 

Aproveite para fazer um exercício de autoconhecimento. Mas lembre-se: não exagere e nem aumente essas características. Ao fazer um currículo é muito importante que você seja totalmente honesto. 

A nossa dica é que você coloque qualidades gerais e algumas que podem ser específicas para o cargo. Quando a sua pretensão é uma de vendedor, por exemplo, você vai precisar de algumas habilidades específicas. Então, confira algumas dicas: E você percebe que possui as seguintes qualificações, se:

  • relaciona-se bem com as pessoas;
  • tem senso de organização
  • capacidade de negociação
  • facilidade com números 

Esses são apenas alguns exemplos de itens que você pode destacar como qualificações profissionais, aumentando a chance de conseguir a vaga.

Finalize com as informações complementares

Algumas informações podem não caber nos tópicos descritos acima. Então, você pode criar esse último item para destacar essas informações que podem ser relevantes para a sua contratação. 

Aqui, você pode mencionar, por exemplo, se tem disponibilidade para viagens ou mudança, se possui alguma deficiência, se tem disponibilidade de horários, enfim, tudo o que o recrutador precisa saber mas não se encaixou nos outros tópicos. 

O que não colocar no currículo

Tão importante quanto as informações que você coloca no seu currículo, são as que não devem ser mencionadas. 

Para começar, tome cuidado para não deixar o documento muito extenso ou difícil de ler. 

Além disso, se atente aos seguintes itens: 

Formatação e Ortografia

  • Escreva apenas o necessário. Seja direto com as informações 
  • Revise para que não hajam erros ortográficos
  • Evite fontes cursivas. Prefira sempre Arial ou Times New Roman, que são as mais tradicionais e de fácil leitura
  • Evite colocar data 
  • Não utilize muitas cores. De preferência apenas para o negrito para destacar informações importantes. 

Dados Pessoais e Referências

Os dados pessoais são os primeiros itens para compor um currículo. Mas calma! Você não precisa colocar informações exageradas. 

Nesse caso, você deve evitar:

  • Número de documentos 
  • Nome dos pais ou filhos 
  • Contatos de referência (esses devem ser informados apenas quando solicitado)
  • Foto e pretensão salarial (também só devem ser colocados caso o recrutador solicite)

Por fim, vale relembrar que as informações precisam ser verdadeiras. Lembre-se que o recrutador pode perguntar detalhes do seu currículo no momento da entrevista, e você precisa ter propriedade para tirar todas as dúvidas dele. Além disso, a vaga pode exigir que você tenha os conhecimentos mencionados, e não tê-los pode te comprometer depois da contratação. 

Então, se você vai montar o seu primeiro currículo, pode seguir todas essas dicas que o Canal da Educação – Produtor de Conteúdos preparou. E sempre que tiver alguma dúvida ou quiser alguma informação específica sobre o mercado de trabalho, pode consultar o Blog. Estamos sempre trazendo informações que serão relevantes para a sua carreira profissional. 

Deixe seu Comentário