• Carreira

    Todo mundo sonha com uma carreira profissional de sucesso, onde possa desempenhar uma função que goste e que seja altamente remunerado para isso. 

    Porém, na prática, não é bem assim que funciona. 

    Muitos se encontram empregados em funções que nada combinam com o seu perfil pessoal, enquanto outros, infelizmente, não recebem um salário compatível com as funções desempenhadas. 

    Por isso, se você está prestes a ingressar no mercado de trabalho e tem a intenção de fugir dessas ciladas, continue ligado aqui no Canal do Produtor porque, a partir de agora, abordaremos como tema central as carreiras profissionais. 

    E para isso, daremos dicas precisas de como descobrir que carreira seguir.

    No entanto, se você já está empregado e deseja evoluir profissionalmente, fique tranquilo. No texto de hoje também abordaremos como alavancar a carreira.

    Iniciando os trabalhos, falaremos agora diretamente com aqueles que se questionam como saber que carreira seguir.

    Qual carreira seguir?

    Se você ainda está naquela de “não sei qual carreira seguir”, preste muita atenção. Este tópico vai te ajudar, e muito!

    Antes de mais nada, isso é, antes mesmo de enfrentar qualquer teste vocacional disponível na internet ou fora dela, você deve focar em uma única coisa: autoconhecimento. Este é um ponto imprescindível para quem se interessa em saber como descobrir qual carreira seguir.

    Autoconhecimento

    O autoconhecimento é uma prática voltada para o conhecimento de si mesmo, que busca compreender as suas próprias potencialidades e fraquezas. 

    Nesse sentido, quando você começa a entender melhor as suas múltiplas facetas fica cada vez mais fácil lidar com as situações. Assim, a escolha da carreira se tornará mais prática a partir desta importante ferramenta. 

    Nesta primeira etapa, é preciso que você reflita sobre os seus talentos, liste as suas qualidades, o que te anima e o que não se sente tão confortável em lidar.

    Pense também sobre as pessoas ao redor que te observam e, se possível, até peça ajuda a elas com perguntas sobre o que mais chama a atenção delas em sua personalidade. 

    Ponto importante aqui é que as disciplinas com as quais você teve afinidade no ensino médio podem indicar as atividades que gostaria de fazer no trabalho. 

    Seja na área de humanas, exatas ou biológicas, considere suas preferências e habilidades, descartando aquilo em que não terá prazer em estudar e trabalhar.

    Prontos para o segundo passo?

    Pesquise sobre o mercado profissional

    Agora sim, é hora de pesquisar sobre o mercado profissional. Se preferir, veja como está o mercado nas áreas que você já se identifica ou tem afinidade, além de fazer um estudo mais abrangente sobre as profissões que estão em alta. 

    Conheça o mercado e as possibilidades de formação para atuar dentro daquele segmento. Quais são os cursos disponíveis que possibilitam atuar dentro de uma determinada área? Como é a grade curricular de cada um? Quais são as diferenças entre eles? 

    Atuação no mercado

    Como você já deve saber, se pesquisou o mínimo sobre o assunto, algumas carreiras permitem que você trabalhe em diversas modalidades. Nelas, você poderá atuar como profissional liberal ou por meio contrato formal. 

    Também é possível ter um negócio próprio. Nesse caso, pense em como você pretende atuar e defina as profissões mais adequadas para esse objetivo.

    Além disso, alguns cursos são mais abrangentes — como administração, direito e medicina — e permitem que o profissional trabalhe em várias atividades. 

    Portanto, estude também as oportunidades oferecidas por cada um deles e decida se quer atuar em um mercado mais amplo ou mais específico.

    Remuneração

    Embora muita gente ache que trabalhar com o que gosta vale mais do que uma boa remuneração, este ainda é um quesito para se preocupar. 

    Assim, mesmo que você possua afinidade com a área escolhida, é importante pesquisar qual o retorno financeiro será proporcionado pela carreira escolhida. 

    Dessa forma, relacione suas habilidades e preferências às opções de carreira que proporcionarão estabilidade econômica e qualidade de vida.

    Desafios da profissão

    Por mais que algumas profissões pareçam mais fáceis do que outras, todas têm seus pontos de dificuldade. Por conta disso, converse com profissionais experientes e pesquise os desafios da carreira que você pretende seguir. 

    Pense sobre os profissionais que você admira, que serviram de inspiração e descubra o que eles já enfrentaram.

    Além disso, procure analisar o ambiente de trabalho e as atividades exercidas para saber se você estará satisfeito com a profissão na prática. Isso evita que você crie falsas expectativas e se frustre com algo que não esperava na profissão.

    O que é plano de carreira?

    Para que você possa traçar o seu desempenho profissional, existe a possibilidade de desenvolver um plano de carreira. 

    Se você ainda não sabe, o plano de carreira nada mais é do que um conjunto de caminhos e metas bem definidos que servem como um guia de crescimento profissional.

    Nesse sentido, existem dois tipos de plano de carreira: um que você desenvolve para si mesmo e o que as empresas oferecem aos seus funcionários.

    Porém, nos últimos anos, o plano de carreira vem deixando de ser apenas um benefício oferecido pela empresa e passou a ser um plano individual, no qual cada um traça seus próprios objetivos.

    Confira abaixo algumas das razões que podem te levar a pensar em construir um bom plano de carreira. 

    Motivos para desenvolver um plano de carreira

    • Promoção de cargos
    • Aumento de salário
    • Aumento de responsabilidade
    • Transferência de empresa
    • Aquisição de novos conhecimentos e habilidades
    • Experiência no exterior
    • Melhoria de vida

    Independente de qual for o seu objetivo, fazer acontecer o seu plano de carreira não é difícil, mas vai exigir muita dedicação, capacidade de se comunicar e planejamento.

    Como desenvolver um plano de carreira

    Estabeleça metas

    O segredo aqui é pensar sobre o seu futuro profissional. Para te ajudar nesta etapa, separamos alguns questionamentos que devem ser feitos por você, sobre a sua carreira: 

    Qual cargo deseja ocupar daqui a cinco anos? (Seja realista, trace metas palpáveis).

    Qual salário deseja receber até lá?

    Daqui a sete, oito anos, você acha que pode chegar a ocupar uma posição de gerente? Que tipo de conhecimento será necessário adquirir durante esse tempo para assumir esse cargo?

    Para chegar ao sonhado cargo de direção, quanto tempo mais será necessário: dez anos, vinte? Que outras habilidades você precisa dominar para isso?

    Lembre-se de que uma meta é um plano estruturado, desenhado a partir de componentes reais do nosso dia a dia. Ter como meta ser diretor de uma empresa é bem diferente de sonhar com esse cargo. O sonho pode se perder no meio do caminho.

    Cumpra as metas

    Depois de estabelecer um horizonte de curto, médio e longo prazo, faça de tudo para cumprir as metas programadas.

    Aqui é importante saber que, para chegar ao seu objetivo, talvez seja preciso complementar sua formação e ganhar experiência, ou até mesmo nutrir uma rede de contatos mais rica. 

    Nesta etapa talvez seja preciso investir em cursos e especializações. Programe-se financeiramente para isso.  

    Faça acontecer

    Crescer na carreira não é algo que acontece sozinho. Se você quer fazer seu plano de carreira acontecer, terá que se mexer!

    Comunicação e dinamismo serão essenciais nesse processo.

    Converse com as pessoas que já estão nos cargos que você deseja ocupar um dia. Sente com o seu gerente, por exemplo, e tente entender qual foi a trajetória dele até aquela posição, quando ele começou na carreira, a evolução, o que fez para ascender na carreira, os processos por trás de tudo isso.

    Demonstrar interesse pelo negócio da empresa também é muito importante. Se você for um profissional dedicado, as pessoas que podem promovê-lo estarão de olho no seu desempenho. Por isso, jamais desanime ou perca o pique! Ter energia é fundamental para cumprir cada uma das metas. Estude, desenvolva uma visão global do mercado onde atua, pesquise estratégias. Tudo isso irá contar a favor do seu plano de carreira.

    Dicas para alavancar a carreira profissional

    Agora vamos falar com quem já está em plena atuação no mercado de trabalho.

    Se você sente que a sua carreira profissional está estagnada, ou sente que pode evoluir mais, não deixe de conferir as informações abaixo. 

    Nós aqui do Canal do Produtor, separamos 6 dicas que serão muito úteis para alavancar a sua carreira profissional. 

    1 – Conheça a você mesmo

     Como já mencionamos para quem deseja ingressar no mercado de trabalho, investir em autoconhecimento é uma ferramenta preciosa para o desenvolvimento pessoal e profissional. 

    Nesse sentido, busque compreender quais são seus talentos e em quais áreas ou competências você tem mais dificuldade. Saiba também identificar os seus pontos fortes e fracos. Isso ajudará você a desenhar seu futuro pessoal.

    Por exemplo, uma pessoa que tem dificuldades com pontualidade, deve buscar formas de não chegar atrasado ao trabalho e nos compromissos diários. Já alguém que possui habilidades em falar em público, pode se valer disso na hora de uma apresentação para o seu grupo. Desenvolva seus pontos fortes e melhore seus pontos fracos!

    2 – Determine objetivos

    Onde você quer estar daqui a um ano? E o que pode fazer para que isso se torne realidade? Se você quer ganhar mais, que tal estabelecer algumas metas diárias para que você tenha destaque naquilo que faz? Pense sempre em metas que dependam exclusivamente do seu esforço, assim você evita frustrações futuras por estar projetando responsabilidades em terceiros.

    3 – Tenha um plano B

     Pense sempre em, pelo menos, duas outras saídas para um mesmo problema. Quando você antecipa soluções, fica mais seguro e confiante para desempenhar suas funções, seja no trabalho ou na vida pessoal. Ter uma segunda opção ajuda você a não ficar ‘sem chão’ quando algo não ocorrer conforme o previsto.

    4 – Invista em você

     Leia livros, assista a jornais, faça cursos, cuide da sua saúde e do seu lado espiritual. O seu bem-estar depende de você e ele pode interferir muito na sua carreira. É preciso preparo para estar no competitivo mercado de trabalho. Estar bem consigo mesmo é uma ótima ferramenta para desempenhar suas funções com excelência e correr atrás de novas oportunidades.

    Entenda, que o fator emocional é determinante para uma boa rotina de trabalho. O nervosismo e a irritação, bem como, outras reações emocionais negativas, podem tornar o trabalho tenso e improdutivo, logo, não devemos nos deixar dominar pelo lado emocional. 

    5 – Trabalhe em equipe

     Você faz parte de um todo. Uma das habilidades mais valorizadas no mundo corporativo é a empatia, o colocar-se no lugar do outro. Assuma as responsabilidades da sua equipe, saiba dividir tarefas, ajude quem estiver precisando e saiba também pedir auxílio quando tiver dúvidas. Tenha em mente que todos trabalham por um objetivo comum, isso ajuda – e muito – no seu comprometimento com o trabalho.

    6 – Saiba gerenciar o seu tempo

     Tempo vale ouro! Essa é uma máxima muito verdadeira. Aprenda a não perder tempo com o que não lhe trará o resultado que você quer ou precisa. Tenha uma agenda, organize o seu dia, o seu trabalho, o tempo com família, amigos, etc. Organize seu tempo para otimizar suas tarefas. Tenha sempre em mente a frase “Isso é prioridade?” Perguntas simples, feitas para si mesmo, podem ajudar, inclusive a ter até mais tempo livre.

    Enfim, chegamos ao final deste texto sobre as carreiras profissionais. Para os que estão em fase de ingressar no mercado de trabalho, esperamos que todas as dicas tenham sido esclarecedoras e façam a diferença na sua tomada de decisão. 

    Esperamos ainda que a sua carreira/profissão seja escolhida com cuidado, equilibrando suas atribuições e habilidades a uma boa e compatível remuneração. Afinal, este não é o sonho de todo mundo?

    Já para os que já estão empregados e desejam evoluir profissionalmente por se sentirem estagnados ou improdutivos, esperamos que todos os conselhos aqui mencionados sejam seguidos e você, enfim, alcance a colocação tão desejada. 

    Em ambos os casos, é importante lembrar que é preciso ter muita força de vontade e dedicação para mudar, ao mesmo tempo em que é preciso também ter tempo para planejar e executar todos os passos que te conduzirão ao sucesso profissional. Boa sorte!   

  • Como criar um currículo se você ainda não tem experiência?

    Se você está em busca de uma colocação no mercado de trabalho mas não sabe como montar o seu primeiro currículo, veio ao lugar certo. Hoje vamos dar dicas de como montar um currículo para primeiro emprego.  Com as dicas que o Canal da Educação – Produtor de Conteúdos preparou para você, o seu currículo […]

  • Planejamento de carreira e sucesso profissional: o que você precisa saber para se destacar no mercado

    Hoje vamos te contar tudo sobre planejamento de carreira profissional, te ensinar como fazer um planejamento de carreira para você se tornar um profissional de sucesso. Já adiantamos que o primeiro passo é planejar graduação, e com toda a certeza a melhor opção é uma graduação ead. Depois você precisa pensar em como se planejar […]

  • Profissões do Futuro: Quais são as profissões em alta? Aposte nelas!

    Nesse texto vamos te contar tudo sobre as profissões do futuro, quais são as profissões em alta, e também as profissões mais bem pagas, e ainda uma lista de profissões. Acompanhe e descubra tudo que você precisa saber sobre carreira e mercado de trabalho para 2021. QUAIS SÃO AS PROFISSÕES EM ALTA? Você está prestes […]