Central de Comunicação // CNA

06/06/2018

Presidente da CNA diz que é preciso desburocratizar as leis e gerar valor para a produção artesanal brasileira

Brasília-DF (06/06/18) – "Os produtos artesanais e tradicionais têm muito potencial para evoluir e a CNA vem trabalhando em favor desse segmento, levando informações e buscando formas de desburocratizar as leis e normas que afetam o setor", afirmou o presidente da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), João Martins, na abertura do evento “Agro em Questão: alimentos artesanais e tracionais” nesta quarta-feira (06), em Brasília. 

Mel, doces, queijos, bebidas e embutidos são exemplos da produção artesanal brasileira. De acordo com o presidente da CNA, é importante gerar valor para quem vende e compra esses produtos. 

“Hoje reforçamos mais uma frente visando o aumento da competitividade da agropecuária brasileira: a da agregação de valor. Queremos conhecer melhor as dificuldades enfrentadas pelos produtores e os casos de sucesso por aqueles que atuam no segmento”, afirmou Martins. 

No discurso, o presidente da CNA ressaltou que a questão regulatória e de acesso ao mercado têm sido os principais desafios enfrentados pelos produtores, que estão em busca de se diferenciar do mercado de commodities onde os produtos são padronizados e vendidos em larga escala. 

“Inovar, buscar a forma correta de entrar no mercado e saber diferenciar seus produtos são condições básicas para que o empreendedor rural transforme a sua história e de sua família em oportunidades de negócios.”

Parlamentares que participaram do evento destacaram a importância do segmento e a necessidade de se vencer desafios para que o setor continue crescendo. 

"Vamos resolver nossos desafios com os treinamentos do Senar, com a parceria do Sebrae, com a presença maior das nossas universidades e com a assistência técnica e  extensão rural. Com isso, vamos preservar valores, tradição, cultura e o País”, afirmou o deputado Evair de Melo (PP/ES).

“Os produtos artesanais são confiáveis e a CNA está tendo a preocupação de agregar valor a esses produtos com esse evento. São produtores fortes, persistentes e que tem uma entidade como a CNA que os apoiam”, destacou a deputada Raquel Muniz (PSD/MG).

É a primeira vez que a CNA promove um debate voltado aos produtos artesanais e tradicionais. O evento recebe produtores e especialistas para debaterem os desafios da produção artesanal em todo o País. 

Assessoria de Comunicação CNA/SENAR
Fotos: Wenderson Araújo
Telefone: (61) 2109 1419
cnabrasil.org.br 
senar.org.br
twitter.com/SENARBrasil
facebook.com/SENARBrasil
twitter.com/SistemaCNA
facebook.com/SistemaCNA
instagram.com/SistemaCNA

 

Veja também