Central de Comunicação // CNA

27/04/2018

CNA reúne Grupo de Trabalho Econômico com as Federações de Agricultura e Pecuária

Brasília-DF (27/04/18) – O Grupo de Trabalho Econômico da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) reuniu em Brasília nesta sexta-feira (27) representantes das Federações de Agricultura e Pecuária especialistas e membros do Banco Central para tratar de política monetária, tributária e sobre o cenário econômico nacional e mundial para o período 2018/2019.

“O cenário econômico como um todo é desafiador, período onde o ambiente internacional está sofrendo mudanças em termos de fluxo financeiro, aumento de taxas de juros nas economias centrais. Isso vai tornar o ambiente mais favorável para as economias emergentes como o Brasil”, afirmou o consultor da LCA Consultoria, Luiz Suzigan. 

Os membros do GT conheceram ainda uma ferramenta de difusão de informações sobre cotações e custos de insumos agropecuários criada pelo Instituto para o Fortalecimento da Agropecuária de Goiás (IFAG). A sugestão da CNA é que outros estados ofereçam ferramenta semelhante para atender produtores de todo o País. 

“A pessoa cadastra um número nosso no celular dela e solicita o cadastramento. A partir desse momento ela passa a receber todos os dias informações sintéticas sobre preços de diversos produtos agropecuários no seu Whastapp. Fizemos um levantamento e percebemos que seria a melhor ferramenta porque 94% das pessoas usam o aplicativo para se informar”, explicou o coordenador técnico do IFAG, Fernando Borges. 

Renato Conchon, coordenador do Núcleo Econômico da CNA, apresentou um estudo que está em desenvolvimento sobre as diretrizes e propostas para o setor rural na reforma tributária. Segundo ele, a reunião teve saldo positivo porque trouxe informações de qualidade para as Federações e consequentemente para o produtor rural.

"Saldo muito positivo deste evento, pois demonstra o bom relacionamento com o Banco Central e favorece na construção de uma política monetária, bem como consolida as propostas e diretrizes tributárias para formulação de política fiscal. Ou seja, a CNA está se posicionando e defendendo os interesses do produtor rural junto à política monetária e à política fiscal do Brasil".

Assessoria de Comunicação CNA/SENAR
Telefone: (61) 2109 1419
cnabrasil.org.br 
senar.org.br
twitter.com/SENARBrasil
facebook.com/SENARBrasil
twitter.com/SistemaCNA
facebook.com/SistemaCNA
instagram.com/SistemaCNA

 

Veja também