Central de Comunicação // CNA

05/09/2018

CNA participa de Diálogo Agrícola Brasil-Argentina

Gedeão Pereira Gedeão Pereira

Brasília (05/09/2018) – A Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) participou do 2º Diálogo Agrícola Brasil-Argentina, nesta quarta-feira (05), em Buenos Aires.

O evento discutiu a agenda bilateral e os principais desafios dos dois países no comércio internacional, entre eles a questão das indicações geográficas na União Europeia e o arcabouço regulatório cada vez mais restritivo promovido pelo bloco europeu, que tem aumentado a criação de barreiras às exportações brasileiras e argentinas.

A CNA foi representada no encontro pelo presidente da Federação da Agricultura do Estado do Rio Grande do Sul (Farsul) e diretor responsável pela área de Relações Internacionais da CNA, Gedeão Pereira. Ele participou da cerimônia de abertura junto ao presidente da Sociedade Rural Argentina (SRA), Daniel Pelegrina, e do embaixador do Brasil na Argentina, Sérgio Danese.

Em seu discurso, Gedeão exaltou o lema “juntos para competir”, chamando a Argentina e os demais parceiros do Mercosul para conquistar mercados em parceria. Ele reiterou a importância da Ásia para o Agro regional afirmando que os esforços dos parceiros têm que se voltar mais pra aquele continente.

“Para conquistar esses mercados fundamentais é necessário estarmos permanentemente dialogando entre nós. Temos que nos entender para que juntos cheguemos no mundo como um bloco extremamente importante, creio que o mais importante na futura produção de alimentos”, afirmou Pereira.

No painel moderado pela assessora de Negociações Internacionais da CNA, Camila Sande, a secretária de Mercados Agroindustriais da Argentina, Marisa Bircher, defendeu a breve conclusão do acordo Mercosul – União Europeia.

“Ela ressaltou a importância de acelerar também outras negociações como Coreia do Sul, Canadá e com a Área de Livre Comércio da Europa, alegando que passaríamos a comercializar com 30% das economias mundiais no lugar dos 10% que temos como parceiros atualmente”, disse Camila.

Entre os encaminhamentos do encontro houve o pleito formal dos uruguaios e paraguaios para que o evento seja ampliado à participação deles. Além disso, brasileiros e argentinos deverão promover uma missão comercial para a Malásia e China, em novembro. A ideia é que Uruguai e Paraguai também participem para fortalecer ainda mais o comércio extra bloco.

Assessoria de Comunicação CNA
Telefone: (61) 2109-1419
flickr.com/photos/canaldoprodutor 
cnabrasil.org.br
senar.org.br
twitter.com/SistemaCNA
facebook.com/SistemaCNA
instagram.com/SistemaCNA
twitter.com/SENARBrasil
facebook.com/SENARBrasil

Veja também